Malawi tem realidade desafiadora a ser enfrentada

Representante do Projeto Daniel esteve visitando regiões de extrema pobreza do país do continente africano.

FONTE: MINISTÉRIO ENGEL

ATUALIZADO: 27 de novembro de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

Com o desafio de mudar o futuro das crianças da região de Chikwawa na Aldeia de Hatone – Malawi, a organização Missão Mãos Estendidas (MME) apresentou ao representante do Projeto Daniel, pastor Marcos Corrêa, que também é diretor do Portal Guiame, a precariedade das estruturas onde aulas são ministradas para as crianças carentes. O pastor esteve por seis dias em visita a região.

O objetivo foi conhecer as necessidades que assolam as crianças, a fim de oferecer ajuda para minimizá-las, através de uma ação conjunta que leve assistência à saúde, educação, alimentação e acolhimento espiritual através do Evangelho.

A visita foi conduzida pelo pastor Elias Marcelo Caetano, diretor da MME, organização que há mais de 19 anos vem promovendo trabalhos humanitários e evangelísticos. Em uma destas visitas foi apresentada uma sala de aula na Aldeia de Hatone, onde o professor instrui dezenas de alunos de forma muito improvisada.

“Um lugar bastante precário, mas funcionando. E aqui as crianças estão tendo aula neste instante”, diz Marcos Corrêa enquanto filma uma espécie de sala feito de forma bastante rústica.

Em uma pequena lousa negra bastante danificada, o professor ensina sobre um dialeto local, inglês, matemática e noções bíblicas. Apesar da estrutura precária, as crianças aparecem felizes no vídeo, pois estão sendo ensinadas e alimentadas pelos voluntários. Mas o desejo é que através da parceria possa ser construído uma infraestrutura digna para acolher os pequenos.

Centro Integrado

O pastor Marcos Corrêa em visita a aldeia, falou sobre o desejo do Projeto Daniel em construir um centro integrado, onde haverá assistência à saúde, alimentação, dormitório e acolhimento espiritual através dos pastores locais. O projeto de captação financeira já está sendo planejado pela pastora Gabriele Engel, responsável pelo “Projeto Malawi”.

Saiba como ajudar, entre em contato pelo whastapp 055 99748874.

Assista:

 







FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS