Projeto Daniel na África: tocando Moçambique

No rosto, a expressão de felicidade já serve como um “muito obrigado” que abastece o coração de quem envia as suas doações.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 20 de dezembro de 2019

FacebookTwitterWhatsApp

“Que faz justiça ao órfão e à viúva, e ama o estrangeiro, dando-lhe pão e roupa. Por isso amareis o estrangeiro, pois fostes estrangeiros na terra do Egito.” Deuteronômio 10.18-19

Nos pratinhos coloridos, alimentos que antigamente eram raros, agora chegam todo mês. No rosto, a expressão de felicidade já serve como um “muito obrigado” que abastece o coração de quem envia as suas doações. Estamos nos referindo ao Projeto Daniel, que continua tocando o povo africano, em especial centenas de crianças órfãs.

Dessa vez as boas novas vêm da cidade de Chimoio, em Moçambique, onde o Projeto é coordenado pelo casal de missionários Ismael Wilimui e Débora. Essa é uma das comunidades que foi devastada pelo furacão Idai, no início deste ano. Eles sentiram o chamado e obedeceram ao Senhor: saíram da capital e iniciaram um trabalho de restauração em Chimoio, atendendo principalmente crianças órfãs e carentes daquela localidade, contando com o apoio do projeto Daniel, do Ministério Engel. “No início do ano nós construímos ali uma unidade escolar que está trabalhando com educação por princípios e alfabetização de crianças, jovens e adultos. Nós temos atividades semanais nessa escola e ao final de cada atividade é servido um lanche para as crianças”, explicou a Pastora Gabriele Engel, que sempre presta contas de tudo o que tem acontecido nesta e em outras comunidades da África, auxiliadas pelo projeto Daniel.

As fotos e vídeos também foram enviados, mostrando a confraternização pela conclusão de mais um período letivo, que se encerrou nesta unidade escolar. As crianças celebraram o término da primeira etapa da alfabetização com muita comida, roupas e calçados novos, para fechar o ano em grande estilo.

 

“O Projeto Daniel tem dado assistência às famílias! Além das crianças receberem uma alimentação na escola, elas têm discipulado, alfabetização, ensino e acompanhamento do casal de pastores. Além disso, eles recebem uma cesta básica, sempre no final do mês. Assim, o trabalho tem ajudado a salvar muitas famílias e órfãos da fome”, comemorou a pastora Gabriele.

Natal sem fome!

De acordo com os relatórios que chegam da África, as expectativas para o Natal estão bem diferentes das dos anos anteriores. Isso é porque eles sabem que podem esperar uma celebração diferente das diversas que já experimentaram. Esse ano, as famílias de Chimoio vão poder desfrutar de uma ceia e uma grande festa para toda comunidade. O casal de pastores também irão anunciar os próximos planos para o ano seguinte, no que diz respeito à escola em Moçambique: haverá ampliação das vagas. “Hoje nós temos 40 vagas por turma ou por turno em Chimoio, Moçambique, mas o nosso desejo é dobrar este número. Queremos atender 80 crianças, 80 jovens e 80 adultos, para honra e glória do Senhor Jesus, mas para isso, precisamos de toda a ajuda possível”, lembrou a coordenadora do Projeto Daniel e agradeceu: “Aproveito para agradecer e abençoar todos os patrocinadores do Projeto Daniel, que, mais do que valores, estão doando um pedaço de seus corações, amando as crianças e as famílias africanas. Sem vocês, não poderíamos fazer essa obra tão linda”.

Doações

As doações para o Projeto Daniel podem ser feitas mensalmente, ou quantas vezes você quiser, através de depósitos bancários nas seguintes contas:

Caixa econômica federal

Agência: 1151 | Op 003 | CC: 0661-0

Ministério Engel

CNPJ –  94.445.319/0001-74

Após efetuar o depósito enviar o comprovante para o whatsApp (055) 99748874

 

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS