Projeto Daniel leva alimentos, educação, diversão e a EP à Uganda.

Solidariedade brasileira tem levado alegria e provisão, através do Projeto Daniel.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 25 de maio de 2019

FacebookTwitterWhatsApp

Há 3 anos, o Projeto Daniel, criado e coordenado pelo Ministério Engel em Santa Maria, no Sul do Brasil, se colocou à disposição de Deus e passou a levar a luz do Evangelho para diversos países africanos, através de ajuda humanitária. Desde a sua primeira visita missionária à África, o Apóstolo Joel Engel, que já era apaixonado por missões no continente e costumava enviar suas ofertas mensalmente, se rendeu ao chamado do Senhor para socorrer as crianças órfãs e adotá-las espiritualmente. Desde então, a África arde cada vez mais forte em seu coração e o Projeto Daniel atravessa fronteiras, alcançando outros países.

Uganda foi o ponto de partida para o Projeto Daniel, através do contato com o Arcebispo Bwambale, da Ágape Church. Ali, governo e reinos de tribos receberam o profeta e doaram terras à Igreja Ágape, a fim de que as primeiras comunidades fossem erguidas. “A África tem muitas terras improdutivas, que podem ser aproveitadas para a agricultura e desta forma, alimentar milhares de famílias. Porém, aquele povo está como ovelhas sem pastor, como disse Jesus no evangelho de Marcos, capítulo 6, verso 34. Eles precisam conhecer Jesus e serem salvos tanto no espírito, quanto no corpo. Muitos estão doentes e a expectativa de vida ainda é baixa, por conta das condições a que estão submetidos. O Projeto Daniel quer atuar nas raízes deste problema”, explicou Engel.

Bwambale tem tocado o projeto na África, enquanto que no Brasil, campanhas estimulam as ofertas para o continente

“Ao mandarmos nossas doações, estamos levando esperança a centenas de crianças, viúvas e doentes. São diversas as situações de vulnerabilidade, que se agravam pela falta de saneamento básico, moradia inadequada, alimento, vestimenta, enfim, o mínimo preconizado pela Organização das Nações Unidas que defende os direitos humanos a todas as pessoas, independente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, etc. É isso que nos move a ser um instrumento nas mãos de Deus, para abençoar a Uganda e os países onde ainda poderemos estar”, disse a Pastora Gabriele Engel, coordenadora do projeto no Brasil.

As doações chegam à África através de depósitos bancários e lá são convertidas em alimento, material escolar, roupas, calçados e material de higiene pessoal. Já o alimento espiritual é fornecido pela Escola Profética, que envia o material que é distribuído nas Igrejas locais. Os pastores reproduzem, traduzem e ministram as aulas em seus dialetos. A meta é fazê-los príncipes, para que no futuro se tornem missionários e os responsáveis pela prosperidade de suas nações.

Em uma de suas falas emblemáticas, Engel trouxe bem explicitamente o sentido do Projeto Daniel, enquanto segurava uma criança no colo: “O dinheiro não vale mais do que essa criança. É essa riqueza, esse tesouro, que eu estou buscando na África”.

Entenda o Projeto Daniel

O Projeto Daniel nasceu em 2016, fruto de uma visão dada por Deus ao pastor Joel Engel durante a sua primeira viagem missionária a Uganda, no leste da África.

O Ministério Engel, fundado por Joel Engel, sempre foi movido a atender às necessidades sociais de grupos carentes na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Desta vez, a África deu ao ministério um novo foco: as crianças.

O Projeto Daniel é baseado na história do personagem bíblico do Antigo Testamento, que foi levado como prisioneiro para a Babilônia. Mesmo vivendo em cativeiro, Daniel recebeu um lugar de destaque entre as autoridades locais, recebendo boa alimentação e tudo o que precisava. Respaldado por Deus, ele se tornou governador do Império e pode abençoar toda a nação de Israel.

Objetivo do Projeto

O objetivo do Projeto Daniel é transformar as crianças africanas em potenciais agentes de mudança em seu país, ajudando a estabelecer educação, assistência médica e boa alimentação através da captação de recursos no Brasil.

Projeto em Uganda na prática

Em Uganda, o Projeto Daniel atua exclusivamente na captação de doações através de pessoas que se disponibilizem em adotar financeiramente pelo menos uma criança, enquanto o ministério local é responsável pela estrutura dos centros infantis e recursos humanos, que já são existentes.

O Projeto Daniel em Uganda não abrange construções, reformas ou manutenção da estrutura dos centros infantis, que são de responsabilidade do ministério beneficiado pelas doações.

A primeira ação foi realizada em parceria com a Igreja Ágape, sediada em Kampala, na capital de Uganda. O Projeto Daniel ofereceu ajuda financeira para atender às necessidades mais básicas de crianças carentes amparadas pelo ministério Ágape, como alimentação, saúde, ensino básico e estudos bíblicos.

Contribua fazendo sua doação:

Caixa econômica federal

AGENCIA: 1151

Op 003

CC:  0661-0

Ministério Engel

CNPJ –  94.445.319/0001-74

*Após efetuar o depósito enviar o comprovante para:
WhatsApp –  (055) 9974-8874

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS