Doações do Projeto Daniel chegam à África.

Milhares de pessoas foram alcançadas, dentre elas, crianças e refugiados de guerra.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 6 de abril de 2019

FacebookTwitterWhatsApp

Kamayenze Ágape Orphanage school

Na África, milhares de habitantes perderam suas famílias e se encontram na condição de refugiados na Uganda. Já no Malawi, a situação é ainda mais triste, depois do Ciclone Idai ter devastado muitas áreas no país, que se encontra destruído e tentando se reerguer. Em comum, os dois países têm a pobreza e a falta de tudo, mas não apenas isso: eles também têm alguém que olhe por eles, há milhares de quilômetros de distância.

Estamos nos referindo ao Projeto Daniel, levantado por Deus em 2017 e que vem enviando constantes ajudas humanitárias para diversas regiões daquele continente. Através de pessoas anônimas que se importam e são tocadas pelo Espírito Santo, as ofertas depositadas são enviadas para a África e lá, se transformam em leite em pó, comida, bolachas e itens de necessidade pessoal como roupas e material escolar para crianças órfãs que moram em creches.

Kamayenze Ágape Orphanage school

Assim, essa semana, Malawi e Uganda foram tremendamente abençoados com toneladas de alimentos provenientes dessas doações feitas no Brasil através do Projeto Daniel. “Tentamos ajudar essas crianças, mas não temos ajuda suficiente para alimentá-las e a ajuda que o Apostolo Engel mandou através do Projeto Daniel, vai durar por um mês para estas creches. Isso significa um mês inteiro sem preocupação com o que dar a eles de comer”, afirmou Bahura Muhindo Dosweit, ou simplesmente Doss, como é conhecido, um dos missionários locais que prestam apoio ao Projeto Daniel na Uganda. Ele ainda falou sobre a felicidade de todos que receberam a ajuda: “O governo de Uganda também agradeceu junto com as crianças que também ficaram muito felizes, principalmente os órfãos e os refugiados”.

Malawi

O Apóstolo Joel se emocionou ao receber as notícias, pois conheceu de perto a difícil realidade do povo africano em suas viagens missionárias ao continente. Assim, prometeu continuar orando e pedindo intercessões pelo Projeto Daniel, que não pode parar: “O trabalho continua! Conseguimos, com a graça de Deus, supri-los por um mês, mas ainda temos muitas regiões para serem alcançadas. Eles precisam de tudo – comida, roupas, material escolar, cobertores, colchões – falta absolutamente tudo! O Projeto Daniel nasceu no coração de Deus para mostrar que a África não foi esquecida. Aquele continente se renderá ao amor do Senhor e irá declarar que só existe um Deus, em nome de Jesus. Esse é o nosso objetivo”.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS