Acendendo a chama missionária

Creio que é um novo tempo onde Deus está acendendo a chama missionária.

FONTE: GUIAME, JOEL ENGEL

ATUALIZADO: 16 de novembro de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

Marcos Corrêa representando o Portal Guiame em missão na África. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15

Meu desejo sempre foi despertar a Igreja para missões. Desde que me converti, sonho em ver milhares de pessoas saindo do Brasil, para levar o evangelho para outras nações. Porém, com o passar do tempo, isso acabou ficando no esquecimento dos cristãos. Tem sido cada vez mais raro receber um missionário em nossos cultos, vindo de algum lugar do mundo, ou mesmo, ouvir ministrações sobre o assunto. Ofertas destinadas a projetos missionários? Mais difícil ainda obter colaboração.

Em minha primeira viagem missionária à África, tive a oportunidade de ver as necessidades do povo africano. Milhões de órfãos passando fome, sem ter onde dormir, sem acesso a necessidades básicas que todo o ser humano precisa para sobreviver e o que é pior, sem o mínimo conhecimento da Palavra de Deus. Através da Escolas Profética, espalhadas pelas nações africanas, temos ajudando na  evangelização de muitas almas para Jesus, pois a sede de Deus é intensa, por isso o trabalho de campo é tão importante. Infelizmente, faltam missionários.

Fiquei extremamente preocupado naqueles dias, pois tive que ir sozinho para a África. Ninguém se dispôs a ir comigo. Então, comecei a orar para Deus levantar missionários. No ano passado, ao retornar ao continente, levei 12 pessoas comigo, entre elas, havia uma equipe de jornalistas que documentou toda a viagem. Mas meu objetivo, não era apenas fazer registros, mas principalmente, despertar e semear a boa semente da vocação missionária no coração daqueles amados, pois esse é o chamado de Marcos 16:15, a grande comissão.

Foi uma missão muito difícil. Passamos perigos e chegamos bem próximos da morte. Logo nos primeiros dias, nosso hotel ficou cercado de pessoas que queriam nos atacar. Como responsável pela missão, eu quis liberar quem estava comigo, a exemplo do pastor Marcos Corrêa e da Meltsia Mendonça, jornalista da Revista Cristã, e prosseguir sozinho. Tamanha foi a minha emoção ao ouvir de todos, que só voltaríamos para o Brasil juntos. Isso foi um fato inédito, pois não tenho visto mais ninguém disposto a morrer por Jesus.

Quando conseguimos sair a salvos daquele hotel, fomos para uma aldeia que praticava sacrifício com crianças e Deus nos usou para ordenar que aquilo parasse imediatamente, caso contrário, viria o juízo de Deus sobre eles. Também foi outro momento muito perigoso, mas o Sangue de Jesus nos cobriu e nos trouxe de volta sãos e salvos. Pensei que, depois daquela viagem, nossos colegas desistiriam e nunca mais iriam querer voltar lá. Mas, para a minha surpresa, o pastor Marcos se apaixonou por missões e voltou.

Nesse momento ele está representando o Projeto Daniel através do Ministério Engel e do Portal Guiame, nosso mais novo parceiro, e realizando um grande trabalho com os órfãos do Malawi, juntamente com o pastor Elias, da MME – Missão Mãos Estendidas, que já realiza um projeto humanitário na África.

Uma mudança nos quatro níveis

Estamos vivendo no Brasil uma mudança nos quatro níveis, e um deles é o espiritual. Desta forma, começa um novo tempo também para a Igreja, com o despertar da chama missionária. Ter o apoio de um portal tão renomado como o Guiame, se interessando em fazer missões e apoiando Projeto Daniel, é um sinal dos céus para nós. Por isso, quero louvar a Deus pela vida do pastor Marcos e pedir que reforcemos nossas orações por ele e por todos que estão envolvidos nessa nova missão.

Espero que essa viagem, através dos vídeos que estão sendo enviados e das matérias que a equipe do Ministério Engel está produzindo, toda a Igreja seja contagiada para estar se envolvendo em missões. E existem várias formas de ser um missionário: viajando, contribuindo, adotando uma criança na África, intercedendo, não importa. O que vale, é estarmos todos envolvidos pela causa do próximo. Creio que é um novo tempo onde Deus está acendendo a chama missionária e muitos seguirão o exemplo deixado pelo pastor Marcos Corrêa.

O Portal Guiame está fazendo a cobertura de todos os acontecimentos da ação missionária no Malawi. Clique e confira as reportagens.

 

Por Joel Engel, pastor, líder do Ministério Engel, em Santa Maria (RS) e fundador do Projeto Daniel, que ajuda crianças órfãs em países da África.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS