Ato de arrependimento contra a praga

Líderes da nação unidos em arrependimento e por uma missão: livrar o povo da praga!

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 24 de março de 2020

FacebookTwitterWhatsApp

As ruas de Faxinal do Soturno, assim como as de várias cidades do Brasil e do mundo, estão completamente vazias. Parece uma cena do apocalipse, como já vimos em filmes, mas infelizmente não é uma ficção. De fato, estamos vivendo os sinais dos fins dos tempos, pois Jesus está voltando. Por isso, nós estamos convocando os líderes espirituais e governamentais da nossa nação para o arrependimento.

O cenário é bíblico e, como igreja, nós sabemos que é o tempo dessas coisas acontecerem, pois fazem parte dos sinais da volta de Jesus. No livro de Mateus, capítulo 24, lemos um dos maiores sinais do que estamos vendo hoje: o amor de muitos esfriou. Nunca, em toda a história, a igreja vivenciou tanta falta de amor entre pais e filhos, cônjuges, parentes. Nunca sonhamos vivenciar tantas tragédias como temos visto nos noticiários nacionais, como o que aconteceu no Rio de Janeiro: um pastor foi morto através de uma trama arquitetada pelos seus próprios filhos. Estes dias terríveis anunciam, mais forte do que nunca, a volta de Jesus, da mesma forma como as pragas nos sinalizam de que o rei está voltando. Mas a notícia que eu quero dar é boa, sobre o que Deus falou comigo durante a madrugada. Ele me orientou a chamar os líderes, depois o povo, adultos e crianças, ao arrependimento. Essa praga pode ser cancelada! Por isso, eu quero convocar todos os nossos líderes para o arrependimento. Iremos promover um culto on-line na terça à noite (24), onde iremos cear. Cada um, em sua casa, irá reunir a sua família, preparar o pão e o suco de uva para participar desta santa ceia profética, fazendo parte deste ato de arrependimento contra a praga.

Eu não creio na derrota, na falência, na mortandade do coronavírus. Se nós não cremos no Senhor Jesus, se não tivermos esperança, já estaremos mortos! Não podemos deixar a chama da esperança apagar o fogo da fé em nosso coração. Deus está no controle! Eu quero deixar isto bem claro: o diabo não está no controle! Guarde isso!

Tirando o povo do Egito

Nós, pastores, líderes, apóstolos, temos uma missão: tirar o povo do Egito, livrá-los das pragas. Há um decreto de morte percorrendo o mundo, mas nós temos a chave que abre e fecha os céus, temos autoridade em Jesus para fazer decretos que mudem os que já foram emitidos. No capítulo seis do livro de Apocalipse está escrito sobre as pragas e as situações que viriam em sequência. Começam com os cavaleiros do apocalipse, que fazem parte de um julgamento com misericórdia, ou seja, nem tudo está perdido! Porém, depois, virá um juízo sem misericórdia. Ainda estamos vivendo o juízo com misericórdia, desta forma, a sentença pode ser cancelada. Jesus é quem controla tudo e tudo está em Suas mãos! O livro de Apocalipse fala do primeiro Cavaleiro que percorre a terra, da mesma forma que existe um vírus percorrendo a terra porém, ele não atinge a todos. Observe que os idosos são os mais acometidos.

Em seguida, o segundo Cavaleiro tira a paz da terra, e é exatamente o que estamos vendo: pessoas doentes, depressivas e com medo. Ninguém está em paz! As cidades estão apavoradas e a paz foi recolhida. Porém, somos filhos de Deus e a paz que habita em nós excede a todo entendimento.

No terceiro momento, vem um Cavaleiro que traz a fome e surge uma balança. Estamos diante de uma enorme recessão, um problema econômico que irá se estender até depois que a pandemia for desinstalada. Já o quarto Cavaleiro recebe autoridade de comandar 1/3 da terra, trazendo a morte e por trás dele, um inferno. Depois ainda virão mais 3 cavaleiros, pois no total serão 7, mas temos na Palavra de Deus o segredo para reverter tudo isso: II Cr 7:14 – Quando o povo ora e se humilha, Deus segura a praga e interrompe o processo.

Meu maior receio é ver, um ser tão insignificante como um vírus, que não era para fazer tanto barulho, trazendo prejuízos enormes para milhares de pessoas.
A Bíblia afirma que a praga só não atingirá o azeite e o vinho, o crente cheio do Espírito Santo e aquele que nasceu de novo.

O problema grave da crise, da doença, será superada. A doença não vai permanecer não tenha medo! Profetize isso comigo: Queremos decretar o fim dessa doença!
Mas perder a paz nessa hora é pior do que contrair a doença! A doença física se cura, mas a doença da alma pode perdurar.

Chamando os líderes ao arrependimento

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembléia solene. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus? Joel 2:15-17

O livro do profeta Joel mostra logo no capítulo 1 a chegada dos gafanhotos. Eles devoram a lavoura, destroem a terra e tudo fica arrasado. Quando o mal vem, existe uma sequência. Esse é o projeto do inimigo, emendar uma tragédia na outra. Vemos no “pacote da praga”, além do coronavírus, a seca, os problemas financeiros. Assim, temos que interromper essa sequência e só quem pode fazer isso é Deus, através da Igreja. Eu estou convocando uma assembleia solene hoje a noite, às 20:30h, um momento de arrependimento, pedido de perdão e cada família irá tomar a ceia em sua casa. Essa é uma orientação de Deus! Vamos levar o nosso povo a congregar, a se santificar em jejum! Vamos tocar a trombeta no Brasil.

O versículo 16 do capítulo 2 de Joel nos instrui a congregar as crianças! Chame as crianças para oração, ensine-os a orar através do seu exemplo e peça ao Senhor que poupe o seu povo!

Ore para que Deus não entregue o Brasil a essa praga, porque o que diriam os povos? Que no Brasil não tem Deus? O que diriam os ímpios, os feiticeiros, os satanistas? Não podemos aceitar essa provocação do diabo! Vamos nos erguer na unção do Espírito Santo!

Jejum, oração, oferta pelo Brasil!

Nós pastores temos que chamar para nós a responsabilidade e confessar os nossos pecados diante de Deus. Erramos em nosso orgulho, nas divisões, em não pregarmos a palavra de Deus ao necessitado, ao mundo todo! Jesus orou para que fôssemos um, mas nos dividimos e perdemos a força e sabemos que um reino dividido enfraquece a igreja. Não é novidade vermos hoje uma igreja calada, apavorada e ferida. Que o Senhor nos levante através do vento do seu Espírito Santo e nos perdoe, em nome de Jesus!

Esse foi o sonho que Deus me deu: nós profetas, pastores, líderes erramos. Fomos levados ao matadoruro junto com todo o gado. Mas hoje, Deus está nos chamando ao arrependimento, para no final da história vermos a diferença entre o que serve e o que não serve a Deus. Hoje, decida fazer parte dos que servem, para que depois da praga, Deus faça com que todo o seu povo, aqueles que tem a sua marca, aqueles que lhe servem, saiam mais vitoriosos! Shalom!

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS