“Só honramos a quem priorizamos”, diz pastor sobre o princípio das primícias

O pastor Joel Engel ensina sobre o segredo das primícias e o princípio da honra.

FONTE: GUIAME, LUANA NOVAES

ATUALIZADO: 11 de julho de 2022

FacebookTwitterWhatsApp
(Foto: Anna Kolosyuk/Unsplash)
(Foto: Anna Kolosyuk/Unsplash)

pastor Joel Engel ensinou sobre o “segredo das primícias”, destacando que damos honra a quem encaramos como prioridade.

“Enquanto o povo de Israel obedecia a Deus, eles tinham a honra de Deus. E a honra de Deus é algo tão extraordinário”, disse Engel em culto na terça-feira (28).

Engel observa que em nossa filosofia humanista, as pessoas são ensinadas a “se desvincular dos pais e da família” e “trabalhar por resultados”.

“Ou seja, não importa quantas pessoas você vai ferir, contanto que você tenha lucros. Não importa o preço, contanto que você faça sucesso e ganhe dinheiro. Mas essa filosofia, que é adotada por muitos coaches, não é bíblica”, alerta.

Enquanto a cultura secular valoriza resultados, a Bíblia ensina o princípio da semeadura — colhemos o que plantamos.

Para explicar melhor esse conceito, Engel relembrou o início da criação, no jardim do Éden: “Deus criou o homem nesse formato: o filho deve honrar o pai, porque um dia ele será pai também. Deus ensinou esse código de honra no jardim do Éden. A pessoa que está debaixo da paternidade de Deus, está debaixo das bênçãos Dele.”

Segundo o pastor, Deus ensinou a Adão que enquanto ele honrasse o Senhor, ele teria Sua paternidade e cobertura. “A paternidade nos garante um futuro e uma identidade. Mas a honra nos garante ser bem-sucedido cada dia que você viver na terra”, afirma.

É por isso que um dos Dez Mandamentos diz: “Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá” (Êxodo 20:12).

“Não é só uma vida longa, porque se fosse apenas isso, seriam longos dias de enfado e monotonia. Mas são dias longos e bons. A palavra ‘bom’ tem ligação com a palavra ‘paz’, e paz vem da palavra ‘prosperidade’ — isso envolve não só a parte financeira, mas também a saúde, as emoções e o espiritual”, explica.

Os segredos da primícia e da honra 

Engel diz que enquanto o povo de Israel obedecia a Deus, eles tinham a honra de Deus. “E a honra de Deus é algo tão extraordinário”, observou. “Eu não me importo ser desonrado pelos homens da terra, mas eu quero saber o que Deus diz sobre mim.”

Um exemplo da Bíblia de alguém que entendeu o princípio da honra e colheu de suas bênçãos é José, que foi vendido pelos irmãos como escravo e se tornou governador do Egito.

“De todos os filhos de Jacó, José era um homem que, por onde andava, não havia fome. Se você observar a história de todos os filhos na Bíblia que honraram os pais, todos tinham essa característica: onde colocavam a planta dos pés, prosperava, onde colocava as mãos, multiplicava”, observou.

Na prática, como ter o mesmo poder de influência que José teve em seu tempo? Engel responde de forma objetiva: “Isso não depende da sua capacidade física e nem mental, mas de uma benção da parte de Deus”.

É aí que entra o segredo da primícia.

Levítico 23:10 dá a seguinte instrução aos israelitas: “Quando vocês entrarem na terra que lhes dou e fizerem colheita, tragam ao sacerdote um feixe do primeiro cereal que colherem.”

Joel Engel fez então uma ilustração do momento em que o sacerdote recebe a primícia do agricultor, comparando com o momento em que Deus recebe a nossa oferta.

“O sacerdote costuma levantar a mão direita e declarar uma bênção, dizendo: ‘Aquele que é o Primeiro vai te honrar, porque você O colocou em primeiro lugar na sua vida’”, afirma. “Quando a primícia é entregue, ela é santificada. E tudo o que é santificado, o inimigo não toca.”

E acrescenta: “A primícia é santificada, a lavoura é santificada e o dono é santificado. O que isso quer dizer? Que o dono da primícia e tudo o que ele tem pertencem a Deus.”

Por fim, Engel aponta Jesus como a primícia perfeita de Deus, citando 1 Coríntios 15:20, que diz: “Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo as primícias dentre aqueles que dormiram.”

“Deus ensinou aos agricultores em Israel o princípio da primícia porque Ele tinha uma mensagem: Ele estava anunciando que um dia enviaria do céu a Sua primícia, e o nome dela é Jesus”, finalizou.

Assista a pregação completa:

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS