“O mundo todo está sendo chamado para o arrependimento”, diz pastor

O pastor Joel Engel fez uma reflexão sobre o mês judaico de Elul, que tem como principal mensagem a teshuvá, que significa arrependimento.

FONTE: GUIAME, LUANA NOVAES

ATUALIZADO: 15 de setembro de 2020

FacebookTwitterWhatsApp
O pastor Joel Engel fala sobre arrependimento no mês de Elul. (Foto: Ministério Engel)
O pastor Joel Engel fala sobre arrependimento no mês de Elul. (Foto: Ministério Engel)

Setembro é o último mês do calendário judaico e traz consigo uma mensagem: se arrependa e volte para Deus. O mês de Elul é um período preparação para o Rosh Hashaná (o Ano Novo Judaico) e Yom Kipur (o Dia do Perdão).

Segundo o pastor Joel Engel, a grande chave para este tempo de preparação é o arrependimento, conhecido no mundo judaico como Teshuvá. “Este é um mês extremamente favorável a uma busca mais intensa de Deus”, explicou em pregação transmitida na última terça-feira (8).

Teshuvá deriva da raiz hebraica “shub”, que na maioria das vezes se traduz como “se arrepender”, mas o significado mais adequado é “retornar”, “voltar”.

“O homem foi criado a imagem de semelhança de Deus para viver no jardim, onde ele era abençoado a nível físico, espiritual e emocional. O homem saiu da presença de Deus e, em toda a Bíblia, Deus repete essa chamada: voltem”, observa o pastor.

Neste período de pandemia global, Engel observa que “o mundo todo está sendo chamado para a teshuvá”. “A Terra parou. O planeta está neste momento sendo sacudido e a voz de Deus está dizendo: voltem para mim”, disse.

Ele se baseia em Malaquias 3:7, que diz: “Desde os dias dos seus pais, vocês se afastaram dos meus estatutos e não os guardaram. Voltem para mim, e eu voltarei para vocês, diz o Senhor dos Exércitos. Mas vocês perguntam: ‘Como havemos de voltar?’”

“Essa é a pergunta que devemos fazer: onde eu me afastei de Deus?”, destaca. “Em Apocalipse, Jesus disse: vocês deixaram o primeiro amor. Vocês não são frios nem quentes, vocês estão mornos. E nesse ponto, nós precisamos nos perguntar aonde precisamos voltar”.

O que afasta as pessoas de Deus? 

Joel Engel diz que o pecado tem afastado as pessoas de Deus, inclusive aquelas que frequentam as igrejas. Ele mencinou uma pesquisa feita nos EUA que mostra que metade dos cristãos dizem que sexo fora do casamento é aceitável.

“Sabe o que Deus está dizendo? Igreja, você precisa fazer teshuvá, você precisa se arrepender”, afirmou. “A Igreja não é mais sal, não é mais luz, já não há mais diferença entre crente e ímpio. A Igreja tornou-se o filho pródigo que se afastou do pai e foi para o lixo dos porcos”.

O pastor acrescentou: “A Igreja está podre. A Igreja está no chiqueiro comendo comida de porcos. Esse ensinamento de que quem está na graça pode praticar tudo, é alimento para porcos”.

Embora Engel afirme que tenhamos nos afastado de Deus, como Igreja, ele acredita que há um remanescente de pessoas que não deixaram de seguir os mandamentos. Para aqueles que deixaram de viver a Palavra de Deus, ele incentiva o arrependimento.

“Ainda existem aqueles que são servos de Deus, e Deus fará diferença entre os que servem e os que não servem. Os que servem a Deus não deixaram de seguir seus mandamentos”, destacou.

Veja a pregação completa:

https://www.youtube.com/watch?v=gE0EfbByMrI&feature=emb_err_woyt

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS