“O Brasil está em um despertar espiritual”, diz líder da JOCUM no The Send

Andy Byrd, um dos líderes da JOCUM, falou sobre o potencial missionário do Brasil em sua ministração no The Send.

FONTE: GUIAME, LUANA NOVAES

ATUALIZADO: 9 de fevereiro de 2020

FacebookTwitterWhatsApp
Andy Byrd, um dos líderes da JOCUM, durante ministração no The Send Brasil. (Foto: The Send)
Andy Byrd, um dos líderes da JOCUM, durante ministração no The Send Brasil. (Foto: The Send)

O missionário Andy Byrd, um dos líderes do Jovens Com Uma Missão (JOCUM), incentivou a Igreja Brasileira a se engajar na obra missionária, durante ministração no The Send neste sábado (8).

“Brasil, você é ungido para tocar o mundo todo”, disse Byrd a milhares de pessoas no Estádio do Morumbi. “Brasil, você já é a segunda nação que mais envia missionários em todo o mundo. Mas quantos aqui creem hoje que o Brasil vai enviar mais missionários do que qualquer outra nação na história?”

“Brasil, chegou a sua hora! A colheita está pronta e, no Brasil, os trabalhadores estão se levantando”, declarou o missionário.

Byrd citou dados de agências missionários, que indicam que mais de 3 bilhões de pessoas pelo mundo não tiveram a oportunidade de ouvir o Evangelho em suas localizações. Diante disso, ele desafiou: “Será que é o Brasil que vai ter a herança do último grupo de pessoas não alcançadas em toda a Terra?”

Ele também citou os dados do último Censo do IBGE, indicando que há 60 milhões de evangélicos no Brasil. “O Brasil está num despertar espiritual”, observou. “Você é fruto e também é catalisador para isso. Será que o Brasil pode dar 1% do seu povo, da sua nova geração, para as nações da Terra?”

“Se o Brasil fizesse isso, teríamos hoje 600 mil novos missionários. Hoje só existem 420 mil missionários em todo o mundo. Somente o Brasil, poderia mandar mais missionários do que todas as outras nações da Terra juntos. Essa é a sua hora de levar o Evangelho para lugares onde ele nunca foi antes”, completou.

Em ministração mais cedo, Andy Byrd orou e profetizou mudanças na Igreja Brasileira: “Quando Jesus vem, as mídias sociais não são mais seu deus, a popularidade não é mais seu deus. Quando Jesus vem, Jesus é o Senhor”.

“Nós declaramos, Brasil, o fim da vida dupla! Não vivemos mais de um jeito no domingo, e outro na segunda. Não somos mais de um jeito quando ninguém vê, e de outro quando todo mundo vê. Nós declaramos guerra contra a vida dupla hoje”, disse o missionário.

“Hoje nós declaramos que, na Igreja, a competição vai se encerrar. Igreja Brasileira, nós declaramos, a divisão está quebrada. Nós declaramos sobre a Igreja: a fofoca, a murmuração e a crítica estão encerradas. Declaramos hoje uma igreja unificada no Brasil. Nós declaramos hoje um Evangelho puro, uma vida de santidade”, acrescentou Byrd.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS