Movimento em Jerusalém pede orações 24/7 pelo fim do coronavírus

Uma videoconferência feita pela Casa de Oração de Jerusalém incentiva líderes do mundo inteiro a intercederem ininterruptamente.

FONTE: Guiame

ATUALIZADO: 5 de abril de 2020

FacebookTwitterWhatsApp
O pastor Tom Hess é fundador da Casa de Oração de Jerusalém para Todas as Nações (JHOPAN). (Foto: Reprodução)
O pastor Tom Hess é fundador da Casa de Oração de Jerusalém para Todas as Nações (JHOPAN). (Foto: Reprodução)

Líderes cristãos de diversos países foram convocados a orar pelo fim do coronavírus nesta sexta-feira (3), em uma videoconferência intermediada pelo pastor Tom Hess, fundador da Casa de Oração de Jerusalém para Todas as Nações (JHOPAN, na sigla em inglês).

A transmissão se deu diretamente de Jerusalém, onde a JHOPAN é sediada. Tom Hess convocou líderes do mundo inteiro à oração ininterrupta, também conhecida como 24/7, para que a pandemia de Covid-19 chegue ao seu fim.

Os líderes que participaram da reunião online, tiveram a oportunidade de orar por seus países. Na América Latina, o pastor Joel Engel representou o Brasil, o doutor Javier Navarro, representou a Venezuela, a pastora Adriana Morales representou o Uruguai e o pastor Amado Chaves representou o Paraguai.

Engel incentiva líderes de todos os países a se unirem ao movimento de oração, a fim de interceder pelo fim da pandemia que já infectou mais de 1 milhão de pessoas pelo mundo.

“É o que está escrito no capítulo 2 de Joel: se todos os povos se unirem para orar, Deus irá cancelar a praga e vai trazer a restituição de tudo o que os gafanhotos roubaram e nós teremos um grande avivamento”, afirma Engel.

O presidente Jair Bolsonaro declarou que domingo (5) será um dia separado para jejum e oração contra o coronavírus. Além do movimento de oração 24/7, diversas igrejas têm se mobilizado para orar pela atual situação.

“Hoje, durante a reunião de oração que tivemos com o pastor Tom Hess, envolvendo representantes de várias nações do mundo, tivemos um momento maravilhoso, onde pudemos orar por nossos presidentes e abençoar as nossas nações. Cremos mais do que nunca que, até a Páscoa, teremos a libertação completa, a praga extinguida definitivamente e a cura brotará apressadamente, em nome de Jesus”, declarou Engel.

Depois que todos os líderes clamaram por suas nações, o pastor Tom Hess orou pelas igrejas, pela economia e pela população mundial. “Decretamos, desde o Monte Sião, e conclamamos todos os moradores da terra, e líderes do mundo todo a orarem por esse decreto, em nome de Jesus”, pediu Hess.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS