Desenho animado exibe casamento gay em episódio e pais reagem: “Lavagem cerebral”

Arthur é um dos desenhos animados mais antigos dos Estados Unidos e em sua 22ª temporada revelou que um dos personagens é gay.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN NEWS

ATUALIZADO: 15 de maio de 2019

FacebookTwitterWhatsApp
No primeiro episódio de sua 22ª temporada, a série de desenhos "Arthur" exibiu a cena de um casamento gay. (Imagem: PBS - Reprodução)
No primeiro episódio de sua 22ª temporada, a série de desenhos “Arthur” exibiu a cena de um casamento gay. (Imagem: PBS – Reprodução)

 

O desenho animado “Arthur”, do canal PBS, estreou o primeiro episódio de sua 22ª temporada na última segunda-feira (13) e, para surpresa de alguns espectadores, foi revelado que o professor do personagem Arthur, Mr. Ratburn, é gay.

No episódio de estreia, intitulado “O Sr. Ratburn e o Especial Alguém”, Arthur e seus amigos assistem ao casamento do professor. O grupo acha que o professor está se casando com uma ratinha, Patty, até perceberem que ela é sua irmã, de acordo com a Entertainment Weekly.

Então o amigo de Arthur, Muffy, pergunta “Com quem o Sr. Ratburn está se casando?”. É aí que o grupo vê o professor andando pelo corredor ao lado de outro homem.

Mais tarde, Arthur e seus amigos discutem brevemente o casamento, e Francine diz a seus amigos: “Sim, é um novo mundo – talvez um aceno para os tempos culturais em mudança”, de acordo com a People Magazine.

A palavra “gay” não foi usada no episódio, mas o enredo não deixou dúvidas sobre o teor de seu conteúdo.

Esta não é a primeira vez que a série de desenhos animados apresenta um personagem gay. Em um episódio de 2005 da série, intitulado “Cartões postais do Buster”, o melhor amigo de Arthur conhece várias crianças que têm duas mães durante uma viagem a Vermont, informou a TV Line.

A palavra “lésbica” também não foi usada no episódio. Na época, a PBS retirou o episódio de circulação, após receber uma carta da Secretária de Educação Margaret Spellings, condenando o conteúdo e pedindo à PBS que “considerasse” devolver o dinheiro público destinado à sua produção.

Reação

A revista People relatou que a estreia da 22ª temporada de “Arthur” gerou rapidamente reações dos espectadores na internet, com comentários de vários pais.

“#Arthur é um programa infantil que aborda vários problemas sérios, o que é uma coisa boa. Mas agora, eles estão indo um pouco longe demais. #PBS”, observou um usuário do Twitter.

Outro espectador expressou estar confuso sobre a necessidade de um personagem gay em um programa infantil.

“Ok, então aparentemente o Sr. Ratburn, do Arthur é gay … mas por quê? Esse é um programa para crianças, e não seria exatamente ‘necessária’ a presença de um personagem abertamente gay”, escreveu um usuário. “Não me entendam mal, eu respeito a comunidade LGBTQ+. Eu simplesmente não entendo porque tantos personagens de TV são gays atualmente”.

Até agora, o site da ‘TV Line’ recebeu 145 comentários em sua matéria sobre o Sr. Ratburn.

Embora alguns usuários tenham se mostrado favoráveis ao episódio que mostra personagens LGBTQ, um usuário em particular se direcionou à PBS.

“Não cabe à PBS fazer lavagem cerebral / recrutar crianças. A comunidade gay é uma minoria. Não se sabe, porém, entre TV, filmes, comerciais, etc. A máfia gay está em pleno vigor”, escreveu o usuário.

Em um comunicado à People Magazine, a PBS escreveu: “Os programas PBS KIDS são projetados para refletir a diversidade das comunidades em todo o país. Acreditamos que é importante representar a grande variedade de adultos na vida de crianças que procuram diariamente o PBS KIDS”, afirmou a rede.

O desenho animado é baseado na série de livros “Arthur Adventure”, escrita e ilustrada por Marc Brown. Ele foi ao ar pela PBS desde 10 de outubro de 1996, e é a segunda série de animação mais longa nos Estados Unidos, ficando atrás somente d’Os Simpsons, segundo o site da IMDb.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS