Rosh Chodesh de Tamuz

O primeiro dia de cada novo mês do calendário judaico tem um significado especial para os judeus.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 27 de junho de 2022

FacebookTwitterWhatsApp


O dia 01 é a cabeça do mês, ou Rosh Chodesh. O que se pratica nesse dia poderá refletir em todo o restante do mês.

Os judeus estão entrando em Tamuz. As Celebrações do quarto mês do ano, começam ao pôr do sol do dia 28 de junho de 2022. O último dia do terceiro mês e o primeiro dia do quarto mês são chamados de Rosh Chodesh de Tamuz. O encerramento será ao entardecer da quinta-feira, 30 de junho.

Tamuz foi o mês em que aconteceu o pecado do bezerro de ouro (Êxodo 32), que resultou na quebra das Tábuas da Aliança, que continha os 10 mandamentos. Naquele mesmo dia, 17 de Tamuz, teve início o período de três semanas (terminando em 9 de Av) que assinala a destruição do Templo Sagrado em Jerusalém. Período de grande tristeza para o povo judeu, jejum e arrependimento diante de Deus, para que os decretos amargos sejam cancelados.

Este também é o mês no qual os espias, enviados por Moisés, viajaram pela Terra de Israel para vê-la e relatar ao povo (eles retornaram na véspera de 9 de Av). No calendário profético este é o momento para sondar novas conquistas, visitar territórios que serão conquistados e se preparar para novas dimensões.

O mês de Tamuz é o mês dedicado a Rúben, que era o primogênito dos 12 filhos de Jacó, neto de Isaque.

E possuiu também a Raquel, e amou também a Raquel mais do que a Lia e serviu com ele ainda outros sete anos. Vendo, pois, o Senhor que Lia era desprezada, abriu a sua madre; porém Raquel era estéril. E concebeu Lia, e deu à luz um filho, e chamou-o Rúben; pois disse: Porque o Senhor atendeu à minha aflição, por isso agora me amará o meu marido” (Gênesis 29:30-32).

O nome Rúben vem do radical “ver“, que está ligado à visão. Assim, o mês de Tamuz é um convite de Deus para não enxergarmos apenas o aparente e sim o que está além.

A tribo de Rúben está associada à pedra rubi do peitoral do Sumo Sacerdote, o “odem”, o rubi de Rúben, devido à brilhante cor vermelha. Odem significa vermelho, é a pedra mais visível.

O vermelho é a mais sedutora das cores, sugerindo a queda do homem. Em hebraico “odem”(vermelho) tem a mesma grafia que “adam”(homem); como no pecado do bezerro de ouro. Sugere também a suprema elevação e restauração do homem, com a segunda vinda de Jesus.

Contexto histórico

Moisés subiu o Monte Sinai e lá ficou por 40 dias para receber os 10 mandamentos. Considerando a demora, os judeus acreditaram que Moisés havia morrido e pediram a Arão que fizesse um “deus”, para estar com eles no deserto.

Respondeu-lhes Arão: “Tirem os brincos de ouro de suas mulheres, de seus filhos e de suas filhas e tragam-nos a mim”. Êxodo 32:2

As mulheres ouviram e se recusaram a dar suas joias aos maridos. Por isso, Deus as recompensou neste mundo, para que elas cumprissem o Rosh Chodesh mais que os homens.

Por que nossa recompensa deveria ser essa? Qual é a conexão entre o fato de não querermos abrir mão de nossas preciosas joias (primícias) para o terrível projeto do Bezerro de Ouro e o conceito de celebrar o reaparecimento da lua nova todo mês?

As mulheres tinham a capacidade de ver além, mesmo depois que Moisés subiu para receber a Torá e foi adiado em seu retorno. Quando as coisas pareciam sombrias e sem esperança, as mulheres sabiam que a luz estava por se manifestar. Paciência e confiança em Deus foram o suficiente para superar os “maus” tempos e passar a viver os bons. Era impossível para elas que Deus os tivesse abandonado logo após receber a Torá 40 dias antes. Elas estavam dispostas a acreditar no poder da renovação e confiar em Deus, por mais difícil que parecesse.

Assim, Rosh Chodesh nos ensina que tudo pode mudar. Quando uma situação atinge seu ponto mais sombrio, é precisamente quando a luz reaparece.

Primícias para o Rosh Chodesh de Tamuz

Ofertar no primeiro dia do mês, santifica todo o mês. Se você precisa de  um milagre de transformação econômica, queremos concordar com você em oração! Oferte as suas primícias, neste Rosh Chodesh de Tamuz demonstrando ao Senhor que todos os “bezerros de ouro” já saíram de sua vida. Deixe que as suas ofertas, primícias e dízimos, neste mês de Tamuz, sejam uma semente de honra a Deus, que trará vitória e proteção para a sua família.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS