Rosh Chodesh de Adar

Adar é um mês de grandes livramentos, de quebrar decretos de mortes e celebrar a vida. É o mês em que se celebra Purim.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 25 de fevereiro de 2020

FacebookTwitterWhatsApp

Celebramos nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2020, no calendário gregoriano, o início do mês judaico de Adar, o décimo segundo mês do Calendário Judaico. Adar é um mês de grandes livramentos, de quebrar decretos de mortes e celebrar a vida. É o mês em que se celebra Purim. Tempo profético em que Deus levanta príncipes, princesas, reis e rainhas, como foi o caso de da Rainha Ester e Mordecai (ou Mardoqueu).

 

Os dois primeiros dias do mês é chamado de “Rosh Chodesh, que significa “Cabeça do Mês” ou “Início do Mês”. É o nome dado pelos judeus ao primeiro dia de cada mês dentro do calendário hebraico. Rosh Chodesh é sinalizado pelo aparecimento da Lua Nova. Por isso recebe o nome de Festa da Lua Nova.

Rosh Chodesh é a celebração e a consagração das primícias. Assim como consagramos estes dois primeiros dias a Deus, também é um tempo propício para entregar as primícias a Deus. Este tempo profético é marcado com o toque do “Shofar”, anunciando a vitória contra os decretos de mortes e a celebração da vida. Anuncia também o levantar de uma nova geração de príncipes.

O princípio das Primícias

Um dos maiores “segredos” da nação de Israel é sem dúvidas o princípio das primícias. Israel é as primícias das nações. Deus disse que Israel é o Seu primogênito (Êxodo 4:22). É algo muito profundo e espiritual, que começou no Egito, Deus estabeleceu a ordem dos meses e como celebração de honra ordenou que cada família separasse um cordeiro como oferta ao Senhor, esta foi a primeira ordem; determinar um tempo específico e separar uma oferta específica.

Desta forma, com esta primeira oferta, o anjo da morte não tocou o acampamento dos filhos de Israel. A primeira oferta, as primícias de todo o povo de Israel, estabeleceu um dia especial e santificado a Deus. Neste dia, Deus entrou no tempo, no calendário de seu povo, deu-lhes novidades e mudou a sua história, tornou-lhes diferente de outras nações.

Aqui está um grande “segredo”, um princípio, para quem deseja sair do “Egito”, das prisões que te impedem de expandir, de chegar à terra da promessa,  e quer algo novo da parte de Deus: “Santifique o primeiro dia de cada mês, diariamente os primeiros minutos quando você acordar e tudo que for o primeiro em sua vida, para que o Senhor abençoe todo o restante”.

“E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são”

(Romanos 11:16)

De escravos a príncipes

A palavra “Chodesh” tem origem na palavra “chadash,” no hebraico, que significa novo, mudança e diferente. É neste dia que Deus “muda a sorte”, muda a história e o destino de Seu povo.

Deus deseja mudar o rumo de nossa história, assim como Ele fez com a nação de Israel que estava escrava no Egito, eles eram o povo mais pobre e oprimido da Terra, o Egito era a nação mais demoníaca, a própria casa de satanás, os judeus eram obrigados a servirem ao Faraó.

Os filhos de Israel, os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó, não tinha salário, descanso, aposentadoria ou qualquer outro direito ou benefício. Deus em um ato de amor e misericórdia desceu para livrar os Seus filhos, chamou Moisés para libertar o povo das mãos de Faraó.

“E disse Deus a Moisés… na terra do Egito… Este mês é para vocês, a cabeça dos meses. O primeiro é para vocês entre os meses do ano”.

(Êxodo 12:1-2)

Deus estabeleceu o dia, os meses e o tipo de oferta para o resgate dos filhos dos israelitas, um cordeiro para cada família.

“Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família”

(Êxodo 12: 1-3)

Deus revelou ao povo judeu, e a nós também, um princípio que dá base ao primeiro mandamento que é amar a Deus sobre todas as coisas. Até aquele momento, como escravos, os judeus não eram donos do seu próprio tempo, mas depois da libertação eles tiveram a oportunidade de escolher o que fazer, hoje nós também temos esta escolha.

As palavras “tempo”, “primícias”, “oferta” e “cordeiro” são chaves para termos uma mudança, assim como os judeus tiveram. Os dois primeiros princípios de Deus para o povo de Israel viver um novo tempo foi: “Separe um dia e um cordeiro ao Senhor e Ele mudará sua historia”.

O Senhor agendou o “Rosh Chodesch”, a cabeça do mês, para transformar escravos em príncipes, pobres em ricos. Jesus é o nosso cordeiro, as primícias dentre os mortos, da morte para a vida, que nos tira do Egito e nos transforma em príncipes.

Separe a sua oferta, a sua melhor oferta, consagre as suas primícias a Deus, tenha um tempo de oração ao Senhor neste “Rosh Chodesch”, se você deseja uma mudança em sua história prepare-se para ofertar um cordeiro, envie para que possamos consagrar no monte as suas contribuições. Entre em contato com o escritório e te daremos todas as orientações. Tenha grandes expectativas e viva uma nova história.

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS