Festa das Cabanas: as nuvens de glória em Tabernáculos

Começa nesta segunda-feira (20), ao pôr do sol, e se encerra no dia 27 de setembro, no mesmo horário, a Festa dos Tabernáculos, também conhecida como Festa das Cabanas, uma das mais importantes e tradicionais de Israel.

FONTE: Ministério Engel

ATUALIZADO: 20 de setembro de 2021

FacebookTwitterWhatsApp

A Festa das Cabanas (Sucot) relembra os dias de deserto, quando os hebreus habitaram em tendas no deserto, durante a peregrinação em direção à Terra Prometida. Assim, como uma forma de homenagear os seus ancestrais e reconhecer a provisão divina no deserto, os judeus montam tendas do lado de fora de suas casas e ali escolhem habitar durante 1 semana, que é o período da festa.

Quando o povo de Israel saiu do Egito, as nuvens de glória o acompanharam, funcionando como uma cabana no céu, pois os guardava de noite e de dia. Além da proteção do calor e do frio, de afastar os animais peçonhentos do deserto, essas nuvens provocava milagres como fazer com que as roupas e sapatos das crianças  crescessem de acordo com o desenvolvimento dos seus corpos, sustentando e provendo-os por 40 anos. A presença de Deus contida nessas nuvens proporcionava milagres maravilhosos, mas mesmo assim, o povo caiu no pecado da idolatria através do bezerro de ouro, considerado por Deus como um adultério espiritual. Isso afastou as nuvens de glória por um período, até que Moisés se consagra no monte por 40 dias e obtém o perdão do Senhor em Yom Kippur. Mas isso ainda não trouxe de volta o que eles mais queriam: as nuvens de glória.

Essa presença forte e poderosa só voltou quando Deus ordenou para que erguessem cabanas, um tabernáculo para Ele, onde cada um deveria habitar pelo período de 7 dias.  Assim, após esse período, a volta das nuvens de glória provocou grande alegria, e eles celebraram com muita festa.

Por isso, a tradição se repete até os dias de hoje e o povo relembra a volta das nuvens de glória.

Um Tabernáculo em sua cidade.

Há cerca de 10 anos, o Senhor me chamou de volta para o Rio Grande do Sul, após alguns anos de um ministério considerado próspero e de bastante sucesso, onde eu pregava e ministrava dentro e fora do Brasil. Em 2011, uma seca terrível assolou a nossa região e Deus me orientou a construir uma Cabana no Monte, retomando a Escola Profética, onde deveríamos ministrar sobre a unção de Elias. Assim nasceu a Escola Profética Unção de Elias, que tem levado a chuva profética e essa unção poderosa aos quatro cantos do país.

Desde então, as nuvens de glória pairaram sobre o Sul do Brasil, a começar pela Cabana, espalhando-se por toda a região e pondo fim a uma seca que já durava cerca de 8 meses, afetando a economia dos gaúchos. Foi a pior seca em 60 anos, levando 145 municípios a decretarem estado de emergência por perdas bilionárias do setor agropecuário. A visitação de Deus foi tão grande, que anualmente o Estado apresenta recordes pluviométricos e consequentemente, de colheita. Mas não somente isso: além da prosperidade e todas as áreas, o Rio Grande do Sul tem experimentado o real avivamento, onde a Presença de Deus tem levado milhares de pessoas ao arrependimento e ao evangelho de Cristo. Até hoje, quando adoramos, atraímos as nuvens de glória e elas nos acompanham.

Hoje estaremos mais uma vez celebrando Sucot, agradecendo ao Senhor por permitir que a Sua gloriosa Cabana, as nuvens de glória, nos proteja e nos atraia para mais perto dele! Nosso desejo e a nossa oração é que as nuvens de glória venham sobre a sua vida neste dia e que você possa celebrar um novo tempo em sua vida!

Chag Sucot Sameach – Feliz Festa de Sucot!

 

 

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS