Apóstolo Joel Engel promove ato profético na cidade de Oswaldo Aranha

Presidente do Ministério Engel foi a Alegrete para orar pelo Brasil juntamente com judeu.

FONTE: MINISTÉRIO ENGEL

ATUALIZADO: 14 de Maio de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

O apóstolo Joel Engel, presidente do Ministério Engel, aproveitou a data de comemoração pelos 70 anos de reconhecimento de Israel como nação para visitar a cidade natal de Oswaldo Aranha, o diplomata responsável por presidir a Assembleia Geral das Nações Unidas que beneficiou Israel.

A Assembleia Geral das Nações Unidas ocorreu em 29 de novembro de 1947, dando início ao Plano de Partilha da Palestina, o que resultou na declaração de independência de Israel, em 14 de maio de 1948, por David Ben-Gurion, chefe-executivo da Organização Sionista Mundial.

O papel de um brasileiro no Plano de Partilha da Palestina é considerado como algo muito importante para a Igreja no Brasil, pois lembra várias promessas bíblicas sobre as bênçãos que serão derramadas sobre aqueles que abençoarem a Israel.

Por conta disso, o apóstolo Joel Engel decidiu visitar a cidade natal do diplomata brasileiro, acompanhado pelo judeu Marcos Cohen, seu interprete durante a viagem que realizou a Terra Santa entre os meses de março e abril.

A visita do apóstolo foi marcada por um ato profético realizado juntamente com Marcos Cohen, representando o Estado de Israel. No ato eles oraram pelo Brasil, reforçando o desejo de que o país desfrute das bênçãos prometidas para aqueles que abençoarem Israel, como também pedindo que Deus traga paz em Jerusalém.

“Nós desejamos profundamente que o Brasil possa desfrutar das bênçãos prometidas para aqueles que abençoarem o povo israelense, por isso quero promover aqui este momento de oração”, comentou o apóstolo Joel Engel.

A oração foi feita junto ao museu que homenageia o gaúcho Oswaldo Aranha, em sua cidade natal, Alegrete. E o objetivo foi reforçar o espirito de camaradagem entre os brasileiros e o povo israelense, principalmente diante da postura do governo brasileiro contra o Estado de Israel.

Em um momento simbólico, o apóstolo Joel Engel amarrou a ponta da bandeira brasileira a ponta da bandeira israelense, segurada de um lado por Marcos Cohen, representando os laços fraternos entre os dois países.

O líder brasileiro também aproveitou a ocasião para pedir ao governo que mude a embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém, seguindo o exemplo de diversas outras nações do mundo. Para o apóstolo a diplomacia brasileira já deveria ter tomado uma posição favorável ao status de Jerusalém como capital do Estado de Israel.

“Os brasileiros amam Israel, pois a grande maioria vive a cultura judaico-cristã. Portanto, quero pedir aos governantes brasileiros que coloquem a mão na consciência e façam aquilo que é o desejo da maioria, mudando a embaixada do Brasil para Jerusalém”, pediu o apóstolo.

Não é a primeira vez que o líder evangélico promove um ato profético com a participação de um judeu. Durante o Alinhamento Profético 2018, tanto o apóstolo como o Marcos protagonizaram um momento semelhante, promovendo bênçãos sobre Israel e Brasil.

Mais informações pelo whatsapp 055 99748874

 

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS