Apóstolo fala sobre histórias importantes envolvendo Jericó

Líder ensinou sobre os relatos bíblicos envolvendo a cidade do Oriente Médio.

FONTE: MINISTÉRIO ENGEL

ATUALIZADO: 6 de junho de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

Enfrentando uma sensação térmica acima dos 50º C, o apóstolo Joel Engel falou diretamente da cidade de Jericó, localizada às margens do rio Jordão, a aproximadamente a 27 km de Jerusalém. Em sua mensagem o líder fala sobre o que chamou de “preço do manto”, relatando sobre acontecimentos bíblicos que envolvem a cidade.

O presidente do Ministério Engel iniciou falando sobre o cerco que os israelitas fizeram a cidade, quando Deus ordenou a Josué fazer 7 voltas pela cidade murada, há 1400 anos a.C. e as muralhas caíram. No local onde o líder falou sobre a cidade é possível ver as ruínas das antigas muralhas.

Quando o povo israelense cercou à cidade, a ordem de Deus era queimar tudo, não tomando nada para si, pois tudo o que havia na cidade foi oferecido a ídolos pagãos e Deus não queria que o povo se contaminasse com a idolatria.

Aquele acontecimento em Jericó era cumprimento de uma promessa divina, que diz: “[…] o Senhor, o seu Deus, os acompanhará e lutará por vocês contra os inimigos, para lhes dar a vitória” (Deuteronômio 20.4). Isso estava se cumprindo naquele momento, quando o povo obedeceu a ordem divina de cercar e rodear a cidade de Jericó.

“Este é um lugar de guerra extrema. Pense em um lugar de batalha espiritual”, comentou o apóstolo Joel Engel.

Em seguida, mostrando o alto de um monte, o apóstolo lembrou que dali era possível ver o lugar onde Jesus Cristo foi tentado por satanás, lembrando que aquele local, a entrada de Jericó, foi onde Moisés parou sua caminhada, dando lugar a Josué na condução do povo de Deus.

“Observe que Jesus foi tentado neste lugar. E é exatamente ali onde Moisés parou a sua caminhada, Jesus continua, porque aqui foi um lugar de conflito, onde a lei, através de Moisés, para e o profético continua”, ensinou.

Ao concluir seu ensinamento, o apóstolo fala sobre o Ano do Jubileu, que tem sido uma mensagem transmitida por ele ao longo das décadas e simboliza o Ano da Graça de Deus. Esta mensagem foi proclamada pelo Senhor Jesus na primeira pregação que Ele fez em Nazaré (Lucas 4.18-21).

Assista:

 

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS