Incêndio na Escola Profética!

"Viemos nos incendiar aqui, para incendiar o nosso povo lá" -  fala pastora de SP.

FONTE: MINISTÉRIO ENGEL, ANDREA POVOAS

ATUALIZADO: 3 de outubro de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

A Pastora Cristhiany Braga, da Igreja Evangélica Hebrom, em Assis, São Paulo, viu a Região Sul, no mapa do Brasil, pegando fogo. De lá, as chamas iam subindo, até atingir todo o país. Depois dessa visão, ela ficou inquieta para conhecer a Escola Profética e o Apóstolo Joel Engel. Esse sonho se realizou no ano passado. “Sabemos que aqui é rota de avivamento e nós viemos buscar isso, para levar para a nossa cidade. Desde o ano passado, o Senhor tem feito algo muito forte em nosso ministério. Trouxemos a oferta do cordeiro, mesmo sem conhecer pessoalmente o Profeta, mas entendendo o propósito, e houve uma mudança muito grande, um destravar de Deus para as nossas vidas e para as famílias que estão conosco, então tem trazido um conhecimento muito forte”, contou a pastora.

E como quem vai uma vez, sempre volta, esse ano, eles enfrentaram novamente 20 horas de viagem, em mais de 1200 quilômetros de estrada. Enviados pela Igreja, ela, o esposo e mais seis pastores do ministério, jejuaram por 40 dias, em busca de algo a mais do Senhor para a vida deles: “No primeiro ano, pedimos para o Apóstolo: ‘Faça-nos teu filho’, e este ano, viemos dizer que ele é o nosso pai, que nos dá muita alegria. Trouxemos o nosso segundo cordeiro e viemos com o coração aberto, com uma expectativa de que Deus realmente iria fazer algo extraordinário. Deus falou que está fazendo do seu povo, ministros labaredas de fogo e em uma visão, Ele me mostrou homens e mulheres como labaredas de fogo caminhando, então viemos nos incendiar aqui para incendiar o nosso povo lá”, profetizou Cristhiany Braga.

Para a surpresa da Pastora, antes mesmo de voltar para Assis, ela já começou a experimentar milagres e maravilhas. Em uma das ministrações, o Apóstolo Joel deu-lhe de presente uma passagem para Israel: “As pernas amoleceram! Ficamos muito felizes, foi um presente pois estou entrando no meu Jubileu, um ano de restituição e de viver o melhor de Deus. Agradeço ao Apóstolo Joel, todo Ministério Engel, à Pastora Mara. Essa cobertura tem sido um diferencial, um romper de tudo o que está travado, mas o maior presente é estar aqui recebendo tantos ensinamentos. Estamos levando três caixas de livros por que estamos implantando o Tabernáculo de Davi em nossa cidade. O conselho de pastores já nos pediu referência sobre isso, então nós vamos implantar lá pois fez diferença em meu ministério, e pode fazer onde levarmos essa visão”, finalizou.

Cristhiany Braga – Assis, SP – Igreja Evangélica Hebrom

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS