Faça-me teu pai! Apóstolo unge novos filhos no encerramento da Escola Profética

Sétima edição teve recorde de público e nível elevado de unção 

FONTE: MINISTÉRIO ENGEL

ATUALIZADO: 16 de setembro de 2018

FacebookTwitterWhatsApp

Escola Profética 2018 (Foto: Divulgação)

Na tarde de domingo, nos últimos momentos da Escola Profética, o Apóstolo Joel Engel consagrou seus mais novos filhos e renovou a aliança com os mais velhos. Foram mais de 10 novos pastores legitimados, somando força à equipe do Apóstolo Joel, espalhada pelo Brasil, com a missão de levantar o Tabernáculo de Davi, com orações 24/7.

O casal de pastores Cristiane Valéria e Geraldo Pedroso foi um dos que foram consagrados. Pela primeira vez participando da Escola Profética, eles vieram da cidade de Americano do Brasil, interior de Goiás, para levar a unção para a Igreja Evangélica Manassés: “Fomos rejeitados, humilhados e nos identificamos muito com a história da vida do Apóstolo Engel. Começamos a acompanha-lo pela internet, até conhece-lo e sermos abraçados com amor de pai. Em apenas dois meses, de baixo dessa cobertura, é impressionante como tudo está mudando, as portas estão se abrindo e nós estamos nos sentindo muito amados”, disse o pastor Geraldo.

“Há um tempo atrás, Deus nos falou que era para montarmos uma fábrica de unção, pois nossa missão seria produzir azeite. Ele traria pessoas do mundo inteiro para o Sul, como formigas, para ressuscitar ministérios. Pessoas machucadas, feridas, rejeitadas que seriam curadas, para restaurar outros, e isso está se cumprindo, para a glória dele”, lembrou a Pastora Mara Engel.

Escola Profética 2018 (Foto: Divulgação)

Depois de ungir cada um dos filhos, Engel destacou a importância da Paternidade Espiritual: “Não é o título que salva, mas eu preciso honrar esses homens e mulheres que estão em busca de cobertura espiritual”.

O Pastor Antônio Filho, de Roraima, um índio convertido, relembrou o momento histórico em que o Apóstolo esteve no Estado, levando a Palavra de Deus e profetizando chuva em meio a um verão muito seco. A profecia se cumpriu e provocou a conversão do governador da época. “José Anchieta Júnior entregou o estado ao Senhor Jesus e enquanto durou o seu governo, tivemos um tempo de paz. Hoje, a chave de Roraima precisa ser devolvida à Jesus”, disse Antônio.

Para fechar, outros pastores também testemunharam sobre os benefícios que a cobertura espiritual de Engel está trazendo para as suas vidas e ministérios.

 

FacebookTwitterWhatsApp

COMENTÁRIOS