• Facebook
  • Twitter
  • Rss
  • Plus
Ministério Engel

Reedificando o Tabernáculo de Davi

Mar 29
Avalie este item
(0 votos)

Um dos pontos cruciais do livro de Atos é a reunião dos apóstolos e presbíteros no capítulo 15, reunião essa realizada em Jerusalém e que provocou um intenso debate sobre como os gentios deveriam ser tratados pelos judeus cristãos. Essa foi à primeira discussão teológica que exigiu a reunião de toda a liderança da Igreja Primitiva.

 O debate que foi levantado envolvia costumes e procedimentos, pois alguns que vinham da Judéia estavam ensinando que era necessária a circuncisão, conforme o rito de Moisés, para alcançar a salvação em Jesus Cristo (Atos 15.1), mas este ensino não recebia apoio de todos os membros da Igreja.

Quando Paulo e Barnabé chegaram a Jerusalém para testificar das muitas conversões que haviam acontecido entre os gentios, alguns fariseus convertidos levantaram então a questão que envolvia as leis mosaicas, o que levou a reunião dos apóstolos e anciãos.

A Palavra de Deus diz: “Congregaram-se, pois, os apóstolos e os anciãos para considerar este assunto. E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Homens irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre nós, para que os gentios ouvissem da minha boca a palavra do evangelho, e cressem. E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, assim como também a nós; E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé” (Atos 15.6-9).

A reunião inicia com o testemunho de Pedro, que lembrou que o Espírito Santo havia sido derramado também sobre os gentios durante suas viagens missionárias, sem nenhuma distinção entre os gentios ou judeus, mas atuando no coração daqueles que aceitaram a Jesus Cristo através da fé.

Tiago, irmão de Jesus Cristo, também faz um pronunciamento acalorado sobre o desejo de Deus de resgatar a humanidade, lembrando que entre os gentios agora havia um povo segundo o nome do Senhor. Em suas palavras ele afirma que o Tabernáculo de Davi estaria sendo reedificado, conforme a palavra dos profetas (Atos 15.13-17).

O Tabernáculo de Davi

Queridos irmãos, qual é esse tabernáculo? Existe o Tabernáculo de Moisés, o Templo de Salomão, houve a reconstrução do Templo, e a edificação do Templo de Herodes, no tempo do Senhor Jesus. Então, qual é o Tabernáculo de Davi?

No livro “O Tabernáculo de Davi”, lançado recentemente, identifico a Igreja do Senhor como a reedificação do Tabernáculo de Davi, que foi quando Davi estabeleceu turnos de sacerdotes e levitas para servirem a Deus incessantemente, dia e noite, sete dias por semana.

A minha visão sobre o Tabernáculo de Davi fala justamente sobre uma Igreja ativa, posicionada 24 horas, sete dias por semana, sempre assumindo um papel de intercessão. Essa é uma Igreja ativa, envolvida com a oração, consagração e adoração. É a Igreja que não observa apenas ritos e costumes, mas é cheia pelo Espírito Santo.

Essa visão cumpre a profecia que diz: "Naquele dia tornarei a levantar o tabernáculo caído de Davi, e repararei as suas brechas, e tornarei a levantar as suas ruínas, e o edificarei como nos dias da antiguidade" (Amós 9.11).

Quando oramos, levamos também nossos irmãos nos ombros, apresentando-os diante de Deus junto com seus propósitos. Neste sentido, é que podemos visualizar e reedificar o Tabernáculo de Davi, construindo uma consciência coletiva, onde todos somos parte de um mesmo corpo.

 A necessidade de atuar em concordância e consciência nos coloca dentro do Tabernáculo de Davi, diante do Senhor. Quando passamos a compreender que a oração 24/7, deve ser feita em concordância e coletividade, entendemos assim, que nosso corpo é a reedificação do Tabernáculo de Davi.

Davi é o único descrito na Bíblia como o homem segundo o coração de Deus. Isto significa um homem cujo coração está voltado para a vontade de Deus. A essência de um novo tabernáculo de intercessão e adoração já estava tabernáculo depositado em seu coração, pois era Davi um caçador da presença de Deus, ele perseguia a presença de Deus dia e noite, ou seja 24 horas.

Quando procuramos o que está depositado dentro de nosso coração, identificamos que temos distintas graças, e Deus nos encontra dentro da igreja, na coletividade, pontuando e identificando o ministério a qual cada um pertence. Assim nem todos vão tocar violão, nem todos vão pregar.

Não, cada um com o seu ministério. Mas todos participam. Esse é o ponto. Este é o reedificar do Tabernáculo de Davi. Assim em coletividade a igreja passa a ser o tabernáculo de Davi que estava caído, o qual Deus está levantando. Cristo, representado em Davi; a tenda, que é a igreja, e a arca do pacto, que é a presença de Deus. Cada um ordenadamente; todos se levantando para glorificar ao Senhor. Bendito é Jesus!

Por isto, sejamos nós, tão cautelosos na maneira de edificar a igreja e no reedificar do Tabernáculo de Davi, como o foram os antigos israelitas na construção do tabernáculo, para que a glória de Deus possa ser manifesta a todos os homens que habitam a terra.

Fonte: www.ministerioengel.com

Adquira o livro "O Tabernáculo de Davi" CLIQUE AQUI

Tagged sob tabernáculo    Davi    joel    engel    oração    24/7   
Publicado em Gospel
Última modificação em Quinta, 05 Abril 2018 20:46

Agenda de Eventos

Abril 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30