• Facebook
  • Twitter
  • Rss
  • Plus
Ministério Engel

Os quatro níveis de unção e os querubins de quatro rostos

Mar 21
Avalie este item
(0 votos)

Quando Deus me inspirou a escrever sobre “Os Quatro Níveis da Unção” fui levado ao primeiro capítulo de Ezequiel, onde o profeta, que atuou por 22 anos pregando nas ruas da Babilônia, tem uma visão com os querubins de quatro rostos. Boi, homem, leão e águia passaram a simbolizar cada um dos níveis de unção em meu ministério.

 O nível do boi representa o serviço diligente, a capacitação ministerial para exercer um chamado de poder. Quando experimentei o primeiro nível da unção passaram a acontecer grandes maravilhas em meu ministério. A unção de curas foi aumentada e os milagres foram tantos que já não havia mais doentes em minha cidade.

Neste período, que eu chamei de nível do boi, os milagres eram tantos que os consultórios fecharam, hospitais esvaziaram e eu fui processado, acusado de curar ilegalmente. Quando a unção atinge este nível, onde o chamado espiritual passa a influenciar diretamente pelo Espírito Santo, grandes coisas começam a acontecer.

No segundo nível  temos a força, que é a capacidade de suportar grandes obstáculos no exercício do ministério. Este nível é representado pelo leão e atua fortalecendo nossa mente, nos livrando das doenças psicossomáticas, como depressão e síndrome do pânico, e nos afastando dos vícios.

Quando esta unção chega há uma restituição da alegria de tal forma que quem a recebe pode ficar por várias horas rindo sem parar. É um sinal de que Deus está lhe restituindo e para cada dia de tristeza, vem o óleo de alegria.  Através desta unção muitos drogados são libertos, pessoas com depressão e pânico têm suas vidas restauradas e aqueles que enfrentam grandes adversidades são fortalecidos para alcançar a vitória.

Essa unção veio em meu ministério levando milhares de pessoas a receberem libertação das drogas, cura dos traumas, força para vencer a depressão e coragem para encarar o medo. Logo, na pequena cidade de Arroio do Tigre, não se encontravam mais viciados. A cada culto mais e mais pessoas eram atraídas, e podíamos contar cerca de cinquenta ônibus chegando de vários locais.

O terceiro nível da unção é representado pelo rosto do homem. Ele representa a inteligência e a criatividade no exercício do ministério. Este nível veio quando enfrentei uma grande guerra em Santa Maria contra a Nova Era, que estava iniciando ali e se expandindo para todo o Sul. Nossa luta foi gigantesca contra bruxos, pais de santos e satanistas. No final tivemos uma vitória maravilhosa e batizamos 248 pais de santo, além de pessoas ligadas ao satanismo. A Nova Era faliu e acabou o movimento.

Já o último nível  é o da águia, representando a divindade. Este nível alcançou meu ministério quando o Senhor passou a me levar como conferencista para ministrar em diversos países do mundo. Primeiro fui levado a ministrar em vários lugares em meu país, onde anunciava a natureza perfeita de Deus através dos níveis de unção.

Deus me levou então a ministrar no Catch The Fire  em Toronto, no Canadá. Depois disso, nosso ministério tornou-se conhecido em mais de 100 nações. Comecei a viajar pelo mundo partilhando a unção e ativando ministérios. Na medida em que eu ia avançando, Deus ia acrescentando mais autoridade e poder.  

O Senhor me levou a conquistar nações para Cristo, ministrando para grandes autoridades como governadores, reis e presidentes. Tudo isso começou a acontecer naturalmente, sem nenhum planejamento ou uso de possíveis influências. É de fato como entrar no rio de Ezequiel: à medida em que nos aprofundamos a unção vai aumentando e vamos alcançando lugares maiores em Deus.

A Bíblia diz em Ezequiel 1.10 que: “E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todos os quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro”. Ezequiel foi colocado diante da mais majestosa criatura de Deus e cada uma carregava em si os quatro níveis de unção.

Os  patriarcas da Igreja Primitiva também viam em Jesus os quatro níveis de unção e cada um dos evangelhos apresentou o Carpinteiro de Nazaré com uma conexão com estes seres divinos. Mateus apresentou o Cristo como o Leão da Tribo de Judá; Marcos apresentou Cristo como o servo; Lucas, como o homem perfeito; João, como o ser divino exaltado por Deus.

Fonte: www.ministerioengel.com

Adquira o livro "Os 4 níveis da Unção" CLIQUE AQUI

Tagged sob quatro    unção    rostos   
Publicado em Gospel
Última modificação em Quarta, 21 Março 2018 21:37

Agenda de Eventos

Abril 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30