• Facebook
  • Twitter
  • Rss
  • Plus
Ministério Engel
Pastor Joel Engel

Pastor Joel Engel

O mundo cristão clembra o nascimento de Jesus nesta data. O que importa, é que o amor de Deus foi a causa de Jesus ter vindo a este mundo para dar a vida pelos pecadores (Jo 3.16). Ele não muda, ainda que nós mudemos. Ele é fiel, ainda que nos tornemos infiéis. Jesus veio proclamar o Ano do Jubileu entre nós. Ele mantém-se inabalável em seu amor obstinado. Brennan Manning diz que a primeira pessoa a publicar um de seus livros contou-lhe a história de uma tarde de ensolarada, quando ele estava dirigindo por uma estrada de Nova Jersey. Na mesma faixa de pista em que ele estava, cem metros adiante, seguia um carro na velocidade máxima, e o conhecido de Manning “ficou chocado quando viu a porta traseira direita se abrir, por onde o passageiro atirou um cachorrinho para fora do carro. Ele chocou-se contra o concreto e rolou até uma valeta. Sangrando muito, o cachorrinho levantou-se e começou a correr atrás do carro do dono que o havia abandonado com tanta crueldade”. A fidelidade incondicional desse amigo não levou em conta a violência sofrida nem a dureza de coração daquele homem insensível. Isso chama-se lealdade obstinada (Pv 27.10).

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

Uma criancinha, que ainda não havia atingido a idade escolar, entrou em um labirinto de certo parque de diversões. Quando o pai percebeu que ela se afastara dele, procurou-a e encontrou-a ali, tentando achar a saída, e já começando a chorar de medo. Ela estava cada vez mais confusa pelos inúmeros caminhos que via, mas, por fim, ouviu a voz do pai gritar-lhe: “Não chore, querida. Estenda os braços. Siga a direção de minha voz e você encontrará a porta”. E enquanto ele assim falava, a garotinha acalmou-se e, pouco depois, encontrava a saída e corria para os braços do pai, estendidos para ela. Quando Robert Morrison estava a caminho da China, onde seria um missionário, o capitão do navio estava cético com relação ao seu sonho e lhe deu bastante trabalho. Enquanto saía do navio, o capitão lhe disse: “Imagino que você pensa que vai causar uma grande impressão à China”. Robert Morrison simplesmente respondeu: “Não, senhor. Eu creio que Deus causará”. Ele era guiado pela voz de Deus. Use seu diário para registrar tudo o que a voz de Deus lhe disser. Ela o guiará para uma nova história.

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

John Wycliffe nasceu na Inglaterra, no século XIV, como filho de camponeses, mas tornou-se um mestre famoso na Universidade de Oxford. Identificava-se com os pobres, ensinando-lhes as Escrituras de modo simples, além de ter iniciado a tradução da Bíblia para o inglês, para que todos tivessem acesso à Palavra de Deus. Por pregar que a Bíblia era a única autoridade de fé e prática, foi duramente perseguido. Em 1381, retirou-se para escrever e traduzir a Bíblia até sua morte, em 1384. Após sua morte, muitos saíram pela Inglaterra divulgando sua pregação entre o povo e finalizando a tradução da Bíblia para o inglês. C. H. Spurgeon definiu a Bíblia de forma clara: “Deus escreve com uma pena que nunca borra, fala com uma língua que nunca erra, age com uma mão que nunca falha”. Um dia, um príncipe da África visitou a Rainha da Inglaterra e, durante a visita, perguntou-lhe qual a causa da grandeza de seu reino. Ela, levantando uma Bíblia, respondeu: “Este Livro é a base da nossa grandeza, e qualquer nação que o tome e o leia será grande”. Faça o propósito de ler a Bíblia toda no próximo ano. 

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

O Ano do Jubileu era o ano da santificação e da consagração. Charles Swindoll conta a história de Jim Vaus, que havia sido membro da rede do crime organizado nos anos 1940. Ele e o seu chefe Mickey Cohen - foram contratados pelo Departamento de Polícia de Los Angeles para ajudar a investigar os membros da crescente rede criminosa que abria caminho através dos Estados Unidos.

Depois de viver anos sob a tensão constante de uma vida dupla, Vaus precisou encarar de frente a sua própria miséria e vazio. Mas, Deus o levou a assistir a uma campanha de Billy Graham realizada na esquina das ruas Washington e Hill na cidade de Los Angeles. Em meio a uma multidão de mais de seis mil pessoas, Jim Vaus ouviu uma mensagem de graça e perdão que nunca compreendera antes. Segundo um artigo publicado no The Los Angeles Times, o conhecido criminoso ajoelhou-se rua empoeirada, aos prantos e com o rosto em terra, antes de entregar sua vida a Cristo. Como Lutero, ele nasceu gloriosamente de novo. O arrependimento transforma o seu passado numa página em branco para vocês escrever uma nova história.

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

O Ano do Jubileu era o ano do perdão. Ao ver o adorno que a esposa guardava tão bem escondido atrás da penteadeira, o marido pensou: “O que ela guardaria nesta caixinha?”. Ao abrir a caixa, encontrou quatro ovos e mil e quinhentos reais. Surpreso, perguntou: - “Querida, o que significa isto?” “Cada ovo representa um erro que você cometeu contra mim em nosso casamento”, respondeu ela. Satisfeito com a resposta, então, inventou de perguntar: - “E o que significa este dinheiro?” - “Bom, querido, a cada vez que os ovos completavam uma dúzia, eu os vendia”.

Como esta história mostra, nós não só contabilizamos os erros dos outros, ao invés de perdoá-los, como os colocamos para render juros e correção monetária. Albert Schweitzer disse certa vez: “O perdão pode realizar muitos feitos. Assim como o sol faz o gelo derreter, o perdão faz a dissensão, a desconfiança e a hostilidade evaporarem”. Atitudes de perdão são poderosas para mudarem a história das pessoas. Não passe para o novo ano, sem perdoar. 

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

Pequenos gestos são sementes que criam um futuro alternativo. Winston Churchill foi um grande líder inglês. Quando era menino, caiu numa lagoa e teria se afogado se um jardineiro não o tivesse salvo. O pai de Winston, como sinal de gratidão, possibilitou ao filho do jardineiro estudar Medicina. Este se tornou um pesquisador célebre. Descobriu a penicilina. O nome dele é Alexandre Fleming.

Aconteceu, então, que Winston Churchill adoeceu gravemente de pneumonia. Foi a penicilina que o curou. O médico Albert Schweitzer, que foi missionário na África, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1952, afirmou: “Não sei qual será o destino de vocês, mas de uma coisa sei - os únicos a ser realmente felizes são os que procuraram e descobriram como servir”. Em 1913, ele sua esposa viajaram para Lambarené, na África. Num consultório montado em um antigo galinheiro, ele começou a atender pacientes.

Sua esposa, Helene, era sua enfermeira, e J, Azvawami, um nativo que falava oito dialetos, seu intérprete. Ele dizia: “O que o mundo mais necessita é de homens que se dediquem às necessidades dos outros homens”.

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

No Ano do Jubileu, o terá uma intervenção sobrenatural. Há uma aceleração. O que planta, alcança o que colhe. O tempo não é mais barreira. Você alcança em um dia, o que levaria um ano. Em um aquário, uma barracuda tentou atacar outro peixe, mas foi impedida por uma divisória. Depois de bater o nariz várias vezes, ela finalmente desistiu. Mais tarde, a divisão foi removida, mas a barracuda continuava a nadar só até o ponto onde a barreira estava. Muitas pessoas são assim. Elas se movem até criarem uma barreira imaginária e depois param por uma autoimposição de limitação. Ouse sonhar. “De todas as palavras tristes da língua e da pena, as mais tristes são: Poderia ter sido”, disse o poeta John Greenleaf. Há uma parede invisível, do tempo, que separa este do novo ano.

Wayne Gretsky pode ser considerado o maior jogador de hóquei no gelo da história. Quando perguntado sobre o seu segredo para se manter na liderança de gols, ano após ano, ele respondeu: “Eu patino para onde o disco estará em seguida, e não para onde ele já esteve.” Este será o ano que entrará para a história. O ano em que experimentará o melhor de Deus e fará tudo para o louvor da Sua glória. 

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

O tema mais importante do Ano do Jubileu é a família. Tudo girava em torno da família, casa, habitação, descendência na terra. Eduardo e Suzana, que amam de coração ao Senhor, residiam numa quitinete precária de uns 35 m², sem laje, no canto de um amplo terreno. Eles sempre tiveram um sonho: ter um pé de jabuticaba em sua casa. Por isso, adquiriram uma pequena jabuticabeira híbrida. Mas uma jabuticabeira leva 14 anos para dar frutos. 

Certo dia, porém, Deus os surpreendeu. O casal negociou o local onde moravam por uma linda casa, com um detalhe especial: por incrível que pareça, em frente ao seu novo lar, havia uma linda jabuticabeira carregada de jabuticabas.

O sonho plantado em seus corações brotou em seu novo lar. O ninho da águia atinge 3 m de circunferência, 50 cm de espessura e seis metros de profundidade. Ela investe na família. Devido às constantes remodelagens, o ninho nunca para de crescer. W. Blake disse: “Deus nos fez para atingirmos, como as águias, elevadas alturas, mas nos contentamos com os voos rasantes dos pardais”. John Maxwell diz: “Pessoas bem-sucedidas tomam logo cedo as decisões mais importantes da vida e as administram diariamente”.

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

Em sua primeira tentativa de quebrar o recorde de travessia do Canal da Mancha a nado, a nadadora Florence Chadwich enfrentou um mar pesado. Felizmente, ela havia treinado nas frias águas do Oceano Atlântico, estava no auge da sua forma e se encontrava preparada para lutar contra as enormes ondas e temperaturas congelantes.

Durante o trajeto um nevoeiro se precipitou, com isso sua visão parecia limitada, o tamanho das ondas parecia aumentar, e ela começou a sentir cãibras nos braços, nas pernas, nos pés e nas mãos. Embora próximo à margem, ela acabou desistindo de seu valente esforço e pediu aos seus treinadores que a recolhessem. Mais tarde, os repórteres lhe perguntaram por que ela havia desistido quando estava a uma distância tão pequena da margem. Sua resposta foi simples: “Perdi a minha meta de vista. Não tenho certeza se, de fato, em algum momento, a tive em mente”. Reavalie os alvos e redirecione-os para o próximo ano, entretanto jamais desista de ir em frente, em hipótese alguma. Arthur Schopenhauer disse: “Talento é quando um atirador atinge o alvo que os outros não conseguem. Gênio é quando um atirador atinge o alvo que os outros não veem”. 

Fonte: Devocional Ano do Jubileu 

Pagina 10 de 113

Agenda de Eventos

Abril 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30