• Facebook
  • Twitter
  • Rss
  • Plus
Ministério Engel

Benção do Descanso

Jul 26
Avalie este item
(0 votos)

 Porém ao sétimo ano haverá sábado de descanso para a terra, um sábado ao SENHOR; não semearás o teu campo nem podarás a tua vinha (Lv 25:4).

Neste dia de descanso chamado sábado, Deus descia à terra para passear e conversar com seus filhos. No ano do Jubileu Deus planejou dar um ano de descanso ao seu povo e também à terra. Eles descansavam durante aquele ano e adoravam o tempo todo. Neste descanso Deus provia do sobrenatural para eles.   

O que nascer de si mesmo da tua sega, não colherás, e as uvas da tua separação não vindimarás; ano de descanso será para a terra. (Lv 25:5) 

Era exatamente quando eles descansavam em Deus que eles recebiam a maior recompensa e enriqueciam. Deus queria mostrar que a provisão para eles não vinha do trabalho, mas sim de DEUS. No Egito os israelitas não tinham um dia de descanso mas só TRABALHAVAM como escravos. Durante estes anos eles não adquiriam nada a não ser sofrimento e dor.  Mas no primeiro dia que Moisés estabeleceu um dia de descanso para eles  comemorar a páscoa (Lv 23:7), Deus desceu no Egito e eles receberam a recompensa por todos os anos de trabalho.  Deus encheu suas mãos de ouro, prata e roupas bonitas. O que aconteceu ali no Egito foi um tipo de Jubileu. Eles renovaram a aliança com Deus, ofertaram um cordeiro por família e no dia seguinte, tocaram o Shofar e proclamaram LIBERDADE à todos os moradores.

A partir daquele dia, os judeus passaram a dedicar um dia por semana só para adorar a Deus. É o sábado do descanso. Cada sábado para eles é um jubileuzinho. Naquele dia dedicado ao Senhor eles comem dos frutos do sábado. Mas os frutos do sábado da terra vos serão por alimento, a ti, e ao teu servo, e à tua serva, e ao teu diarista, e ao estrangeiro que peregrina contigo (Lv 25;6) O que são os frutos do sábado? São os frutos sobrenaturais que Deus provê quando descansamos n'Ele. 

Jesus multiplicou os pães exatamente quando o povo deixou o trabalho para buscá-lo de todo o coração. Maria recebeu a melhor parte quando parou de trabalhar para estar aos pés de Jesus.

Quando você trabalha o fruto que você come vem da terra, mas quando você pára de trabalhar para se  dedicar ao Senhor o fruto vem de cima. A riqueza de baixo é terrena e passageira, mas a riqueza de cima é celestial e eterna. Descansar em Deus vai te gerar os frutos mais extraordinários que você jamais imaginou.

Este dia que Deus estabeleceu para seu povo descansar eu chamo de “Dia de namorar Deus”. No início do meu ministério eu separava um dia por semana, geralmente sábado ou domingo para “namorar” Deus. Era um dia especial que valia por muitos dias. Davi dizia que um dia na presença de Deus vale mais que mil dias longe da casa de Deus.

FRUTOS DE UM DIA DE DESCANSO NA PRESENÇA DE DEUS.

Quando eu estava trabalhando para realizar a primeira Escola Profética , precisei de uma grande quantia de dinheiro. Fiz de tudo para consegui-lo mas sem sucesso. Então o Espírito Santo falou comigo: Pare de tentar por suas forças e descanse no Senhor. Naquele dia resolvi subir ao monte e “namorar” Deus. Passei o dia só adorando.

Quando voltei para casa recebi a noticia. Um casal de pastores amados me enviou uma mensagem dizendo: Deus falou conosco para te enviarmos um cheque que está conosco como oferta. O valor foi o suficiente para realizar a Escola Profética e ainda sobrou.  

Depois que comecei a comer do fruto gerado pelo descanso, comecei a dar mais de um dia por semana para ficar descansando em Deus e as bênçãos aumentaram.

Certa vez o Espírito Santo me mandou subir ao monte e jejuar. Passou-se 40 dias e eu não sentia fome e nem cansaço. Na manhã do 40º dia, satanás se manifestou a mim dizendo que eu não poderia passar de 40 dias jejuando. Ele disse que meu cérebro iria se decompor por falta de enzimas e nutrientes e assim eu morreria. Então pedi ajuda ao Espírito Santo para responder a altura... O Espírito Santo então me disse: Diga para ele que onde eu estou não falta nada! Com essa palavra satanás fugiu e então o Senhor me disse: Você vai jejuar 50 dias, pois você vai pregar sobre isso. Foi nestes dias que o Senhor me deu a revelação da Unção do Jubileu.

 Naqueles 50 dias eu não senti fome e nem fraqueza, mas pelo contrário o Senhor me deu a força do boi selvagem e a renovação da águia. No ano do Jubileu Deus mandou seu povo descansar durante todo ano. Neste ano Deus devolvia tudo o que eles perderam. Era um ano para “gerar” no Espírito.

Gerando no Espírito

Em 2012 Deus me mandou ficar a maior parte do tempo em retiro. Em 2013 aconteceu outra vez. Em 2014 o Pai não me mandou dedicar esta ano como Ano de Jubileu no meu ministério. Imagine a ansiedade quando já estava na hora de agendar seminários e o Senhor não me deixava agendar... Então perguntei por que Ele queria que eu dedicasse o ano em oração. O senhor me disse: você está gerando uma geração de profetas com  a unção de Elias. Então meu pensamento foi até os dias de Elias, onde ele passou mais de 3 anos na presença do Senhor. Depois de mais de 3 anos descansando em Deus, Elias foi usado por Deus de tal maneira que em um dia fez mais do que uma vida inteira.

Hoje é sábado, Israel está em oração e eu também, estou descansando em Deus “gerando” no meu coração o sonho d’Ele, ver nascer profetas como Eliseu e assim ter um jubileu (avivamento) em nossa nação. Quero desafiar você a experimentar e dedicar um dia inteiro por semana para buscar a Deus e descansar n’Ele. Creio que sua vida nunca mais será a mesma. Você vai ter um Jubileu na sua vida e no seu ministério.

 Fonte: www.ministerioengel.com

Tagged sob meditação diária    engel    descanso   
Publicado em Pastor Joel Engel
Última modificação em Sábado, 26 Julho 2014 03:42

Agenda de Eventos

Novembro 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30