• Facebook
  • Twitter
  • Rss
  • Plus
Ministério Engel
Casais

Casais

Para caprichar no arroz e feijão da vida é preciso colocar uma bela pitada de fé, ordem e amor

Quantas vezes você já ouviu: “Meu filho não gosta de dormir cedo.” “Meu filho só come porcaria.” “Ele quer ir pra escolinha.” (mesmo tendo 11 meses e nem sabendo falar) “Ele adora Coca Cola” (porque olha quando alguém abre aquela garrafa vermelha, preta e branca, que solta aquele líquido marrom com bolinhas espumantes e que fazem barulho)

O papel dos pais no relacionamento com os filhos - por Aline Barros

O relacionamento entre pais e filhos é sempre assunto no programa 'Aline Barros em Família', que iniciará nova temporada em breve.

Em sua página no Facebook, a cantora e pastora Aline Barros publicou um texto sobre o papel dos pais nesse relacionamento. Confira:

Casados, sim, e muito felizes também!

Ninguém conscientemente se casa para ser infeliz. No entanto, a maioria das pessoas casadas sente-se insatisfeita ou até infeliz com o casamento. Por que isso acontece?

É que, semeia-se pouco no casamento e espera-se dele uma abundante colheita. Investe-se pouco e cobra-se muito. Fala-se muito sobre o amor, mas não se discute a natureza do amor.

É tempo dos casais redescobrirem a riqueza do plano divino para o casamento

Submissão e amor são dois imperativos divinos para a esposa e o marido, respectivamente. Ambas as palavras, "submissão" e "amor" estão desgastadas e distorcidas em nossa geração. Submissão não é ser inferior nem amor está limitado apenas ao sexo.

A submissão da esposa é exercer uma missão sob a missão do marido. A missão do marido é amar a esposa como Cristo amou a igreja e a missão da mulher é dar suporte ao marido para cumprir esse desiderato divino. A submissão não anula a mulher, valoriza-a.

"Família ou Famídia?" será o tema da palestra da Dra. Leonora Ciribelli, em Fortaleza (CE)

No dia 31/01, a psicóloga e terapeuta familiar, Leonora Ciribelli estará junto com o seu marido, Pr. Fábio Ciribelli, em Fortaleza para ministrar uma palestra sobre Família e suas relações, na sede da Igreja Batista Alvorada.

Trazendo o tema "Família ou Famídia", a palestra é aberta a todas as idades e pretende abordar a influência das mídias, redes sociais e tecnologias nas relações familiares.

Dez coisas que sua mãe nunca te contou

1. Você a fez chorar… muito.

Ela chorou quando descobriu que estava grávida. Ela chorou quando te deu à luz. Ela chorou quando te segurou pela primeira vez. Ela chorou de felicidade. Ela chorou de medo. Ela chorou de preocupação. Ela chorou porque se preocupa profundamente com você. Ela sentiu suas dores e suas alegrias e ela as compartilhou com você, mesmo que você não tenha percebido.

2. Ela queria aquele último pedaço de bolo.

Um casamento bem sucedido requer um tom suave na comunicação

O ministro escocês Hugh Blair disse: "Gentileza corrige o que quer que seja ofensivo em nossa maneira de agir". Se você duvida desse fato, basta perguntar a alguém que é casado. O tom em casa pode construir ou acabar com um casamento. É por isso que todo casamento "tonificado" requer um "baixo tom" de comunicação.

O tom de voz usado entre maridos e esposas não é o único fator crítico para a harmonia conjugal, mas com certeza está no mesmo nível. Afinal, "a resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira." (Provérbios 15: 1)

Por que criamos problemas de relacionamento com os outros?

Porque queremos muitas vezes impor no outro os nossos desejos, ou seja, "você tem que cumprir os meus desejos".

Alguém é carente, e diz ao outro: "Eu me casei para você me completar. Você tem que suprir as minhas carências". Essa frase está errada! Quem disse que tem que ser assim? Ninguém tem que suprir a carência de ninguém.

Agenda de Eventos

Dezembro 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31